As propriedades do óleo de coco

De tempos em tempos sempre surge um alimento que vira a grande estrela da boa nutrição e o óleo de coco vem aparecendo com frequência na lista dos alimentos funcionais. Isso porque ele apresenta benefícios para saúde e ainda pode ser capaz de auxiliar em dietas de emagrecimento. Porém, os estudos ainda são inconclusivos, especialmente quando se trata das propriedades emagrecedoras da substância.

Ao contrário do azeite de oliva, o óleo de coco contém gorduras saturadas, mas é um alimento termogênico, que estimula a queima de calorias. Apesar disso, não é aconselhável consumi-lo na forma de capsulas e é melhor usá-lo como substituto de outros tipos de gordura. As opções vão desde usar o produto para frituras ou mesmo no lugar da manteiga ou da margarina em receitas de bolo e pães. Como não altera o sabor dos alimentos, você também pode adicionar de uma a duas colheres de sopa do óleo em sucos e vitaminas.

Dentre as características já confirmadas, o óleo de coco contém uma grande quantidade de ácido láurico, capaz de ajudar nosso corpo na absorção dos nutrientes e na defesa imunológica. Ele também combate fadiga física e regula a função intestinal.

Sendo um alimento complementar, seu consumo deve ser diário para que os benefícios comecem a ser sentidos e especialistas indicam uma média de 3 colheres de sopa por dia. Porém, por ser um produto ainda em estudo, consuma-o com cuidado e sem excessos. Não se esqueça de conversar com seu nutricionista acerca de sua utilização.

Como qualquer alimento, o óleo de coco pode trazer mais saúde para o seu dia-a-dia, quando utilizado da forma e quantidade corretas.

Deixe uma resposta