Conheça a Oligoterapia

Dentre tantos tratamentos estéticos que prometem uma pele mais bonita, a oligoterapia se destaca por estar baseada na reorganização do nosso organismo.

Esta técnica foi criada há cerca de 20 anos e andava meio esquecida em meio aos métodos inovadores que surgem a cada dia. A oligoterapia está novamente em evidência por ser um tratamento que também colabora na manutenção da saúde do corpo.

Ela consiste em repor certos minerais, conhecidos como oligoelementos. Estes minerais estão presentes naturalmente em nosso organismo, mas podemos apresentar carência dessas substâncias. Os motivos podem ser má alimentação, estresse e poluição, dentre outros. Selênio, magnésio, potássio, fósforo, zinco, ferro e cobre são alguns exemplos de oligoelementos.

Esses minerais são catalisadores e potencializam, entre outras funções, a manutenção do peso certo e de uma pele livre de manchas e celulites, além da garantia de contornos mais definidos ao corpo. Veja os benefícios de alguns deles:

  • Zinco: é um catalisador do sistema endócrino, metabolizando alguns hormônios e colabora para uma boa imunidade. Também atua na sensação de saciedade.
  • Boro: tem função diurética e ajuda no tratamento da celulite.
  • Enxofre: atua no estômago e fígado, filtrando e eliminando toxinas.
  • Fósforo: atua no sistema nervoso central, regularizando o metabolismo.

O primeiro passo para fazer um tratamento de oligoterapia é visitar um médico ou esteticista que possam identificar as suas carências, uma vez que a necessidade de cada pessoa é diferente da outra. Será receitado um gel ou um óleo com a dosagem certa dos oligoelementos que devem ser repostos e você o aplicará diretamente na pele, em regiões como os pulsos. Por serem partículas muito pequenas, os minerais serão absorvidos através dos poros.

Para obter vantagens mais completas e duradouras, procure manter a quantidade ideal de minerais e vitaminas através de uma alimentação balanceada e hábitos saudáveis. Assim, você garante uma pele bonita sem depender de tratamentos.

Deixe uma resposta