Mudança de clima e doenças respiratórias

Com o inverno se aproximando, é importante reforçar os cuidados com a saúde. A grande variação do clima – com mudanças repentinas de temperatura – ajuda no aumento das ocorrências de doenças respiratórias nesta época do ano.

Rinite, asma, bronquites, alergias, tosses e resfriados são muito mais comuns no inverno.  Devido à baixa umidade do ar junto a temperaturas mais amenas, a mucosa respiratória sofre para manter-se hidratada e aquecer o ar que vai aos pulmões. Além disso, é nessa época que viroses respiratórias tendem a aumentar, portanto, procure sempre lavar as mãos, o que diminuirá as chances de contágio e proliferação dessas doenças.

Uma alimentação saudável, boa hidratação do corpo e ótimas noites de sono são fundamentais para manter sua imunidade alta e, assim, prevenir infecções.

É muito importante, também, se agasalhar, evitar grandes aglomerações e ficar sempre atento a sintomas iniciais. Uma doença respiratória quando não acompanhada por um médico pode, inclusive, levar a infecções mais graves, como a pneumonia.

E, se você tem crianças, grávidas ou idosos em casa, sua atenção deve aumentar: esses grupos são mais sensíveis e propensos a contração de doenças. Previna-se!

Deixe uma resposta