Mudanças na pele durante a gravidez

A pele é uma das partes do corpo mais sensíveis às mudanças hormonais da gravidez e pode sofrer uma série de mudanças ao longo da gestação.

As mudanças vão desde aumento do volume de sangue na circulação, que traz o rubor típico da gravidez, passando pelo aumento de oleosidade, que faz necessário lavar o rosto com frequência e usar um adstringente pela manhã – essa rotina ajuda a evitar a acne, que costuma voltar durante a gestação.

A pele da grávida é mais sensível, por isso, deve-se evitar tratamentos de esfoliação, dando preferência a sabonetes neutros e hidratantes mais suaves e sem perfume. Pelo mesmo motivo, deve-se ter uma atenção redobrada quanto ao uso do protetor solar, já que o aumento do hormônio estrógeno potencializa a sensibilidade da pele à luz do sol, podendo desenvolver manchas amarronzadas conhecidas como melasmas.

As estrias são praticamente inevitáveis, mas elas podem ser menores se você procurar manter a boa forma. O ideal é ganhar de 9 a 12 quilos ao longo dos nove meses de gestação, que você pode conseguir ao manter uma dieta equilibrada e praticar atividades físicas condizentes com o período da gravidez, sempre com acompanhamento médico. Alimentos ricos em vitamina C, A e E ajudam na produção do colágeno, que dará firmeza à pele. Óleos e hidratantes também podem ajudar, mas antes de começar a usar um novo produto, consulte seu dermatologista.

Com alguns cuidados, sua pele voltará ao normal pouco tempo após o nascimento do bebê.

Deixe uma resposta