Praias limpas no verão

Dias ensolarados e calor combinam com uma ida à praia com os amigos e família, concorda? Mas, com o aumento de pessoas frequentando nosso litoral, aumenta também um problema que é de responsabilidade de todos: o lixo.

Não é raro avistarmos nas areias latinhas de cerveja ou refrigerante, vidros, restos de embalagens, canudos ou cascas de frutas. Esses materiais, além de estragarem a paisagem, podem acumular bactérias e causar cortes nos visitantes. E, para piorar a situação, quando o lixo termina sendo levado pelo mar ele pode ter dois destinos: o estômago de animais marinhos ou outras praias, muitas vezes bem distantes do ponto de origem.

Animais como golfinhos e tartarugas confundem alguns objetos que vagam pelos mares com alimentos e os ingerem, o que pode lhes trazer doenças e até mesmo a morte. E como alguns desses materiais podem levar mais de um século para se decompor, eles podem se deslocar pelos mar até litorais distantes, onde se acumulam, mesmo que a praia seja deserta. Há, por exemplo, um ponto em pleno Oceano Pacífico que há anos recebe lixo trazido pelas correntes marítimas e já ocupa uma área maior que o estado de Minas Gerais.

Por isso, quando for à praia, dê um destino adequado ao seu lixo. Leve um saco plástico no qual você possa guardar os restos de comida e embalagens, para depois jogá-lo em alguma lixeira. É muito importante também mostrar para seus amigos e parentes a importância desse cuidado. Assim, poderemos aproveitar uma praia limpa e bonita, com todos os atributos que a natureza nos oferece.

Deixe uma resposta