Retenção de líquidos: o que é e como evitar

Um belo dia você acorda, o sol está radiante, e seu humor está nas alturas. Então, você decide usar aquela calça que fica ótima em você. Mas quando vai provar a surpresa: Ela não serve mais! Ai você pensa: “Como é possível ter engordado tanto em tão pouco tempo?”. Se acalme, nem sempre o aumento de peso é causado por acúmulo de gordura.

Você pode estar com retenção de líquidos. Esse problema provoca o acúmulo excessivo de água no organismo, e pode fazer com que uma pessoa engorde até 2 kg em um curto espaço de tempo. Os principais sinais desse acúmulo são os inchaços de pés, braços, rostos e seios.

Uma das principais causas da retenção de líquidos é a TPM. No entanto, esta está longe de ser a única causa, já que esse inchaço também pode significar sintomas de doenças como hipotireoidismo, hipertensão, problemas nos rins e fígado, além de alterações hormonais e emocionais.

A retenção de líquidos também pode ser causada por maus hábitos alimentares, já que uma dieta com acúmulo de sal, frituras e cafeína colabora para o acúmulo de líquidos, assim como uma alimentação com muito carboidrato e açúcar. Uma dieta rica em verduras, folhas e com muitos líquidos ajudam na diminuição dos efeitos da retenção de líquidos.

Confira abaixo algumas dicas para melhorar a silhueta e diminuir os problemas com a retenção de líquidos:

  • Prefira alimentos como o pepino, abobrinha, abacaxi, laranja, tomate, melão e agrião. Todos esses alimentos tem grande quantidade de água e diuréticos naturais.
  • O alho e folhas verdes são boas também para diminuir a pressão arterial e ativar a circulação.
  • Evite refrigerantes, gorduras, frituras, sal, café, doces e enlatados.
  • Beba muito líquido para estimular os rins e eliminar as toxinas
  • Faça exercícios regulares.
  • Evite as roupas muito apertadas, pois elas prejudicam a circulação.

Deixe uma resposta